in

Os animais e as plantas mais resistentes do mundo

Alguns seres vivos têm uma longevidade de milhares de anos e, provavelmente, nunca desaparecerão do planeta. As células desses seres contam com uma renovação constante, chamada de envelhecimento desprezível. Considerados imortais biologicamente, eles só perdem suas vidas se forem, digamos, assassinados.

A água-viva Turritopsis nutricula, por exemplo, só morre se for completamente destroçada. Com uma capacidade altíssima de regeneração, ela transforma suas células sempre que se vê em uma situação de estresse biológico, prolongando sua vida até onde for possível. As anêmonas, no geral, são bem resistentes. Sabe-se que quando elas perdem uma parte do corpo, logo se regeneram, seguindo inteiras até serem devoradas por algum predador.

As tartarugas Blandingii não vivem tanto assim (por volta de 80 anos), mas contam com uma interessante característica. Quanto mais envelhecem, mais ativas ficam. Segundo estudos, as espécies mais velhas andam mais rápido e se reproduzem muito mais do que as mais jovens.

No caso da tartaruga gigante de Galápagos, a idade costuma passar dos 170 anos. Atualmente, só existem 3 mil espécies desse vistoso animal, que pode pesar até 400 quilos e ter mais de 2 metros de comprimento.

Advertisement

A idade da árvore Pinus longaeva é de cinco mil anos. De acordo com estudos, as células da espécie encontrada na América do Norte não envelhecem e continuam tão saudáveis quanto quando começaram a brotar.

Além de serem as árvores mais altas do mundo, chegando a impressionantes 115 metros, as sequoias vivem por milênios. Nascidas de uma semente minúscula, elas só têm mortes registradas por incêndios ou derrubadas.

As planárias têm uma capacidade regenerativa de assustar. Mesmo que você faça diversos cortes no verme, ele se regenera por completo.

Alguns peixes também vivem bem mais do que nós, humanos. É o caso do Sebastes aleutianus, conhecido como Rockfish, que chega até os 205 anos. 

Dentre os mamíferos, a baleia da Groenlândia é a que vive mais, podendo completar até 210 anos. Haja velinhas para soprar.

Advertisement

Written by adminacesso@wp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Melhores lugares para quem quer avistar um óvni

Gafes que jornalistas já cometeram