in

Namoro à distância. Tem como dar certo?

Lidar com um namoro à distância é certamente complicado. Mesmo com um sentimento forte, os percalços são muitos. Não existe uma fórmula mágica, mas, como tudo na vida, esse tipo de relacionamento também têm um lado bom.

Aproveite o tempo longe para fazer coisas que só você gosta. Assista a uma série ou um filme que certamente seu (sua) companheiro (a) não iria curtir, faça uma aula nova na academia, durma com aquele pijama velho que dá até vergonha de usar.

Ter um relacionamento à distância significa que vocês não tem todo o tempo do mundo para conversar, ainda mais se existir um fuso horário envolvido. Pensando nisso, reclamar de coisas bobas não vale a pena. Ou seja, aquelas briguinhas chatas acabam não existindo.

Mais uma vantagem: a cama é só sua!

3 dicas valiosas para o sucesso do relacionamento à distância:

Diálogos sinceros. Nada de esconder os sentimentos ou colocar o orgulho na frente da parceria. Manter uma boa relação, seja ela de amizade ou amor, exige que as duas pessoas sejam sinceras, principalmente em um namoro à distância, quando o contato é menor. Invista na conversa e demonstre interesse no que se passa com o outro.

Advertisement

Ciúmes e confiança. É normal sentir um pouco de insegurança quando se está em um relacionamento à distância. Cuidado para que esse sentimento não se transforme em um ciúme fora do normal, resultando em crises de ansiedade e desgastando a relação. Essas situações costumam levar ao rompimento.

Aproveite o tempo juntos. Façam coisas que ambos gostem durante os encontros. Conversem sobre coisas boas, e não sobre a discussão da semana passada (daí a importância dos diálogos sinceros constantes). Enfim, transformem os momentos em que podem estar juntinhos na melhor parte da semana. A felicidade deve ser a prioridade no relacionamento, e lembrem-se sempre: a distância é momentânea, o amor é para sempre. Planejar o futuro juntos fará o tempo longe passar mais depressa.

Advertisement

Written by adminacesso@wp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você deveria adotar um cão. Pelo menos é o que aconselha a ciência

Tudo o que você precisa saber sobre ressaca