in

Lula bate de frente com Bolsonaro, declara apoio para a proxima eleição e dispara: ‘adoraria ser julgado pelo povo’

Mesmo com todos os acontecimentos na vida política do ex-presidente Lula, o petista sinalizou, em entrevista à Anthony Boadle, da Agência Reuters, que quer enfrentar o presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022, quando um novo (ou não) nome será escolhido para ocupar a cadeira presidencial. A intenção de Lula é colocar o legado de seu governo em julgamento pelos brasileiros.

“Eu adoraria ser julgado pelo povo brasileiro outra vez. Acabamos com a fome no Brasil e a fome voltou”, disse Lula, único nome que empataria com Bolsonaro em um segundo turno sem 2022, de acordo com pesquisa do PoderData, do último dia 17.

No entanto, o petista também afirma que está disposto a apoiar qualquer outro candidato que possa vir a derrotar o presidente Bolsonaro, seja nas eleições presidenciais, contra o próprio, ou nas municipais, contra seus apoiadores.

Advertisement

“Eu estarei disposto a apoiar qualquer candidato que tenha compromisso com o povo trabalhador contra o Bolsonaro. Não precisa ser do PT. Se for um candidato do PDT, do PCdoB, do PSB, do PSOL que estiver na disputa em que o PT não esteja, o PT não terá nenhuma dúvida de apoiar qualquer candidato progressista”.

Para ele, “o Brasil está desgovernado, como um transatlântico em alto mar sem comandante”.

“O Bolsonaro só cuida de contar coisas dele com fake news, sem se preocupar em cuidar do Brasil. O papel de um presidente é cuidar de seu povo. Isso significa pensar no emprego, no salário, na saúde, em comer três vezes ao dia”.

Fonte: Revista Fórum

Advertisement

Written by Higor Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra o pé do elefante, a massa letal de material radioativo no porão de Chernobyl

Após ficar internada em estado grave, mulher descobre traição da mãe com marido: “abandonada e humilhada”